QUANTO VALE UMA EMPRESA?

Esta não é uma pergunta simples de ser respondida, nem tampouco existe uma única resposta para ela. A avaliação de uma empresa, ou seja, o valor pecuniário de um empreendimento com fins lucrativos, é algo que depende de critérios, premissas e circunstâncias.

A Teoria das Finanças e também a Teoria da Contabilidade nos fornecem conceitos e técnicas de avaliação de empresas, no entanto são as transações ocorridas de fato em um mercado, influenciadas por vários fatores circunstanciais, que determinam verdadeiramente o preço do ativo em questão.

Avaliação de empresas é um tema de destaque na Teoria das Finanças não só pela sua inter-relação com os princípios da referida teoria, como também pela sua importância para o mundo real, de onde um sem número de transações de compra e venda de empresas são realizadas periodicamente, movimentando um dos maiores negócios do mundo, a indústria de fusões e aquisições, ou Mergers & Acquisitions, ou simplesmente, M & A.

O tema em questão também é de substancial importância para a Teoria da Contabilidade.

Um dos principais itens da teoria da Contabilidade refere-se ao estudo do valor dos ativos e suas diversas maneiras de medição. As normas de contabilidade, tanto os IFRS3 quanto os USGAAP4, prevêem a aplicação de testes de recuperabilidade de ativos (impairment tests) em circunstâncias especiais, testes estes que na essência são um exercício de “valuation” de um ativo.

Essa importância se acentua nos dias de hoje com o expressivo crescimento do valor dos ativos intangíveis.Empresas como a Microsoft tem um valor de mercado de aproximadamente US$ 90 bilhões, enquanto o patrimônio líquido contábil registrado em livro é de aproximadamente US$ 300 milhões.

Avaliação de bens com Qualidade

Atendemos todo o Brasil!